14.01/2019 | Murillo Costa
Uma Coisa Absolutamente Fantástica - Hank Green - Seguinte

Uma Coisa Absolutamente Fantástica – vale a pena ler Hank Green?

Uma Coisa Absolutamente Fantástica é o livro de estreia de Hank Green, irmão de John Green, o autor de sucessos mundiais como A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel. Hank conta a história de April, uma jovem de vinte e poucos anos, funcionária frustrada de uma start-up. Numa madrugada, ela descobre algo absolutamente fantástico em uma esquina de Nova York.

Como sempre e por favor, compartilhe esse post com seus amigos! Isso ajuda muito no crescimento do blog e, consequentemente, em sua permanência na internet. Obrigado!

Se você é um jovem que saiu da faculdade e não gosta do emprego que tem, mas precisa dele pra pagar o aluguel, vai gostar muito de ler Uma Coisa Absolutamente Fantástica. April vive a mesma situação e, assim como ela, você poderá encontrar uma oportunidade de mudar de vida. Só, talvez, não da noite para o dia.

Uma Coisa Absolutamente Fantástica

  • Autor: Hank Green;
  • Tradutora: Lígia Azevedo;
  • Editora: Seguinte;
  • Gênero: sci-fi;
  • Páginas: 344;
  • Nota média Amazon: 4,5 de 5;
  • Link de compra: se usar esse link Amazon, ajudará o blog a continuar (ainda mais agora que a Amazon aceita boleto lol!!!).

Hank Green brinca com a ficção científica no mundo atual

Uma Coisa Absolutamente Fantástica conta a vida da jovem April, endividada com o financiamento da faculdade e que aceitou um emprego ruim para arcar com sua independência. Com vocação nata para belas-artes, mas sabendo que essa profissão não a levaria um futuro estável, ela opta por Design. Porém, nunca deixou de ouvir seu dom artístico.

April mora em Nova York, uma cidade – com ela mesma diz – cheia de coisas incríveis a todo momento. Por isso mesmo, essas coisas absolutamente incríveis passam despercebidas porque se tornam comuns. Mas não para April.

Em uma madrugada, enquanto faz o caminho entre escritório e metrô, April se depara com um robô gigante parado numa calçada. Seu olhar artístico nota que aquilo sim é uma coisa absolutamente fantástica. Mais de três metros de altura. Corpo sólido, de metal, misterioso, que gera reflexão.

Impressionada com o que acha ser uma obra de arte, April liga para seu amigo Andy – às 3 da manhã. Ele é um jovem que tenta fazer sucesso no YouTube com gameplays. Na mente de April, aquele robô pode dar ao amigo um certo reconhecimento, já que ninguém ainda viu a “obra de arte” e o rapaz pode ter um furo de reportagem nas mãos.

O jovem aceita o convite. Em pouco menos de uma hora, os dois gravam um vídeo. April vai à frente da câmera e encena uma entrevista com robô gigante, chamando-o de “Carl”. Durante a gravação, ela ressalta uma estranha curiosidade sobre Carl: embora de metal e no frio de Nova Yorke, ele continua morno.

Uma Coisa Absolutamente Fantástica entre mundo atual e ficção científica

Após a gravação, Andy edita o vídeo e o sobe para o YouTube. Em menos de 6 horas, o vídeo atinge a marca de impressionantes 3 milhões de visualizações.

Da noite para o dia, April e Andy se tornam celebridades da internet. Foram os primeiros a noticiarem o aparecimento do robô. Carl Nova York não é o único. Surgiram mais uns 60 iguais ele ao redor do mundo. As redes sociais lotaram-se com postagens sobre os Carls. E os dois amigos se deparam com uma fama imediata que lhes traz a possibilidade de ganharem milhares de dólares com entrevistas para canais de TV.

Endividada, April não demora em aceitar os convites de entrevista. Ela e Andy se tornam parceiros na aventura de ganhar muito dinheiro falando sobre os grandes e misteriosos robôs. Até que outra coisa absolutamente incrível aconteça.

Hank Green teve muito talento em unir o mundo atual e a ficção científica de uma forma descontraída e jovial. Ele descreve com um humor irônico de qualidade como a nossa vida se passa em redes sociais.

Vale a pena ler Uma Coisa Absolutamente Fantástica?

Sim! Além de usar a ficção científica e o bom humor, Hank Green também constrói uma narrativa conversante. Temos a nítida sensação de estarmos conversando com April frente a frente. Uma Coisa Absolutamente Fantástica é comparado por alguns críticos a uma ficção tão boa quanto O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Mais ainda, Hank nos conta como uma pessoa completamente anônima pode virar uma celebridade – ou meme – na internet com apenas alguns segundos de exposição. E, mesmo que a vergonha bata, é possível transformar isso em uma mudança para uma vida melhor.

Talvez o melhor do livro seja a convicção clara de April de que ela é “uma das coisas mais importantes que já aconteceu à raça humana”.

Quem é Hank Green

Hank Green e seu irmão, John Green, começaram a fazer vídeos para o YouTube em 2007 e formaram uma grande base de fãs.

Hoje, Hanky Green é CEO da Complexly, uma produtora de conteúdo educacional para o YouTube. Entre seus projetos está o SciShow, um canal sobre novidades e ensino científico. Nele, ele também fala sobre conceitos de exploração espacial, astronomia, cosmologia, neurociência e também assuntos para crianças.


Hank Green:
Por Gage Skidmore, CC BY-SA 3.0

Sou o autor de Os Renegados, distopia pós-apocalíptica, editor do Central Autoria e host do Autoria Podcast. Também sou parceiro da saga de fantasia épica A Crônica Esférica. Estudante contínuo de empreendedorismo e marketing digital, procuro compartilhar conhecimento através do meu trabalho.
0 Comentários
Deixe o seu comentário!